Blog

Como criar conteúdo para vender mais

Aquilo que você produz em suas redes sociais é uma excelente arma para converter vendas ou alcançar novos clientes. Mesmo assim, se o seu objetivo é entender como criar conteúdo para vender mais, precisa ter em mente que não é apenas produzir por produzir.

Não é qualquer conteúdo que vende, minha deusa, muito pelo contrário. Vivemos em uma era onde as pessoas estão cada vez mais seletivas a respeito daquilo que elas consomem na internet e de como gastam seu tempo online.

Pensando nisso, é muito importante que nós tenhamos bases muito bem estabelecidas a respeito de qual tipo de conteúdo precisamos produzir em nosso negócio para que gerem vendas. 

Nesse vídeo, falo um pouco a respeito desse assunto. No meu canal no YouTube e Instagram também existem diversos conteúdos mais aprofundados e abrangentes que podem te auxiliar a estabelecer uma boa linha editorial e consolidar sua marca.

Quando falamos sobre criação de conteúdo para vender, falamos sobre uma produção estratégica – não desenfreada, aleatória e, muito menos, com conteúdo seco. 

Já abordamos esse tipo de conteúdo diversas vezes aqui, mas vou reforçar porque é muito comum que diversas rainhas se encontrem perdidas ao produzir conteúdo e não obtenham o resultado que esperam, justamente por apostar nessa produção sem identidade. 

Os conteúdos que podem facilmente ser encontrados no Google, por mais elaborados ou esteticamente excelentes que sejam, não vendem. Por uma razão muito simples: isso não gera conexão. 

Veja bem, minha rainha: existem milhares de pessoas na internet fazendo o que você faz ou vendendo o que você vende. Transformar informações do Google em carrossel do Instagram não irá te diferenciar no mercado e nem fará com que as pessoas se conectem com sua marca.


Se não há conexão, não há venda. Se você deseja saber como criar conteúdo para vender mais, saiba que o seu conteúdo precisa ir além do que é facilmente encontrado na internet com uma breve pesquisa.


Você vende para seres humanos, deusa? Então produza conteúdo que gere conexão. Isso se dá por meio de expor sua personalidade, a identidade da sua marca, sua história e sua bagagem. Um conteúdo que vai além do conteúdo.

A importância da Linha Editorial

Partindo do princípio de fazer com que a nossa identidade seja expressa através do conteúdo que produzimos, chegamos ao ponto da necessidade de organização do que é postado e dos assuntos que são abordados.

Geralmente, dividimos uma Linha Editorial – ou seja, a temática envolve os conteúdos que são produzidos – em tema chave e temas secundários. Estabelecer uma Linha Editorial é fundamental para manter uma produção assertiva, dando prioridade a assuntos que estão relacionados com o seu produto ou serviço e garantindo que cumprirá seu propósito.

O tema chave é o seu assunto principal. É o tema que será mais frequentemente abordado em suas narrativas, seus conteúdos e sua comunicação. 

Esse tema precisa estar diretamente relacionado ao produto ou serviço que você oferece em sua marca, minha deusa. Afinal, conteúdo bom é conteúdo que vende. Não faz sentido que uma empresária se desgaste produzindo conteúdo sem que ele esteja ligado ao que você tem a oferecer para o seu público.

 

A partir do seu tema principal é que a sua produção de conteúdo será pautada. A sua comunicação precisa estar alinhada – tanto com a sua identidade de marca e o seu posicionamento, quanto com aquilo que você vende. 

 

Existem muitas rainhas que gastam horas e horas dos seus dias se dedicando à produção de conteúdo e não conseguem obter resultados porque sua Linha Editorial e seu posicionamento de marca estão lotados de ruídos.

Quando você estabelece um tema principal ligado ao seu produto, você obtém um ponto de partida fundamental para que seu conteúdo comece a ser eficiente. 

Depois disso, você também consegue ter uma clareza maior a respeito dos assuntos que podem estar relacionados ao tema principal e que serão excelentes para reforçar ideias e até promover um maior alcance a ele. 

Saber como criar conteúdo para vender mais não diz respeito a estar sempre falando da mesma coisa, mas de conectar assuntos importantes para que uma base sólida seja estabelecida e o seu DNA esteja impresso em tudo aquilo que você produz. 


Seja realmente intencional em seu conteúdo, minha rainha. Dedique o seu tempo a produzir um conteúdo que seja magnético: atraia pessoas ao seu negócio, se conecte com seu público, fortaleça sua identidade de marca e, finalmente, converta em vendas.

Descarte aqueles assuntos que nada tem a ver com o que você vende, eles podem gerar um ruído em sua comunicação e fazer você perder tempo. Você é uma empresária adulta, não temos tempo a perder se desejamos ter um negócio de sucesso e que impacta a vida das pessoas.

Além disso, não esqueça de investir em Call To Action. Ofereça o seu produto, rainha. Quando for produzir um conteúdo, adicione um CTA e uma chamada para venda – seja realmente intencional em oferecer o seu trabalho com confiança, sabendo o quanto é nobre servir as pessoas e ser bem paga por isso.

Mergulhe o conteúdo em DNA

Por fim, não esqueça de ser estratégica em produzir um conteúdo cheio de personalidade. Produtos e serviços existem aos montes, conteúdos são replicáveis, mas as personalidades são únicas.

Utilize com inteligência e intencionalidade sua identidade na hora de produzir conteúdo para suas redes sociais, deusa. Existem muitas pessoas empenhadas em trabalhar digitalmente e, sem sua personalidade, você se tornará completamente esquecível para o seu cliente.

Se o seu desejo é saber como criar conteúdo para vender mais, se conectar verdadeiramente e ser uma líder do seu bonde, sua essência e sua personalidade precisam estar refletidas em tudo que você for fazer.


Quando entendemos o quanto somos únicas e apostamos em oferecer uma experiência única aos nossos clientes, deixamos de vender e produzir “mais do mesmo” e passamos a nos conectar mais profundamente com nossa audiência.

Dessa forma, temos um ótimo direcionamento sobre como criar conteúdo para vender mais – é a partir da conexão que o seu conteúdo sairá da atmosfera da competitividade e da concorrência e passará a ser genuíno, irreplicável e magnético.

Um cheiro,

Mais postagens como essa...