Blog

Autoridade na internet: como construir seu lugar

Muitas rainhas chegam até mim e perguntam como eu consigo passar autoridade com alguns elementos que compõem meu visual ou meus códigos transmitidos. Na verdade, não é a respeito disso, mas uma questão muito mais profunda: você sabe o que é autoridade e como ela é construída?

Em nosso terceiro episódio do Podcast ‘Café Premium’, eu e Ed, que construímos nossa autoridade na internet de forma que já nos rendeu mais de 4 milhões em vendas e alunos espalhados pelo mundo todo, falamos sobre esse assunto tão importante e atual.

Gostaria de começar com o conceito de que autoridade é percepção. É um gatilho gerado na mente do seu cliente que o faz entender que você tem algum tipo de repertório ou bagagem para agregar na vida dele.

Com o preço, acontece mais ou menos da mesma forma, rainha. O seu preço comunica um tipo de autoridade: quando você cobra um valor mais baixo você passa uma mensagem, quando cobra um valor elevado, passa outra.

Diversos itens e elementos também passam informações à mente do seu cliente. Quando ele coloca os olhos em você, ele capta códigos que interferem nas percepções que ele cultiva a seu respeito e a respeito do seu trabalho.

Na hora de escolher marcas que fazem parte do seu próprio universo de Marca, por exemplo, é importante levar em consideração se os símbolos que elas transmitem são compatíveis ou desejáveis na sua própria comunicação. 

O conceito de autoridade

Apesar de tudo isso, a autoridade vai muito além de gatilhos mentais, minha deusa. Na verdade, eu costumo dizer que autoridade é a aglutinação dos seus resultados com a sua postura.

Quando você une essas duas coisas, você gera um tipo de percepção àqueles que te veem e cria um ambiente favorável para que a autoridade seja construída – não imposta e nem forçada.

Por isso, não faz sentido utilizar elementos que são “conhecidos como autoritários” se isso não se conecta com quem você é. Utilizar um blazer ou um batom vermelho porque ouviu por aí que são sinônimos de autoridade é em vão, rainha.

A escolha dos elementos que irão compor seu universo ou sua Marca Pessoal não pode ser baseada em conceitos pré-estabelecidos ou aquilo que está em alta no momento, porque eles podem estar completamente desalinhados com sua identidade ou aquilo que deseja transmitir.

É por essa razão que eu sempre digo que precisamos conhecer a fonte profundamente na hora de estruturar nossa Marca Pessoal. De nada adianta utilizar um salto alto ou elementos dourados em sua composição visual se isso não comunica nada a respeito da sua marca ou de quem você é.

Você é percebida com autoridade diante do seu bonde quando você gera resultados e tem uma postura alinhada com sua identidade e seus frutos.

A confiança está completamente envolta nos resultados que você gera, rainha. E isso não significa necessariamente ter uma vasta experiência em seu nicho ou anos de trajetória, mas pense sobre isso: você gera resultados em você mesma?

Você é o seu primeiro case, rainha. Independente se você está começando agora no seu ramo ou não, quando você expressa os resultados daquilo que você vende em você mesma, os seus clientes automaticamente percebem que aquilo que você comunica é confiável.

O primeiro passo para a construção da sua autoridade está justamente em fazer com que você seja percebida como prova de que aquilo que você serve produz resultados. Aplique primeiro em você, rainha, e mostre ao seu público o quanto é válido.

Não apenas de resultados vive uma boa marca

Mesmo assim, não pense que apenas bons resultados são o suficiente para que você tenha autoridade e seja vista como líder em seu bonde, rainha.

Na verdade, a autoridade também está completamente relacionada com a sua postura. Existem muitas empresas que produzem excelentes resultados mas não conseguem expressar isso da maneira correta, ou então nem expressam.

Muitas pessoas dizem que a produção de conteúdo é uma ótima forma de construir autoridade, mas isso nem sempre é verdade. Produzir conteúdo é bom para assegurar ao seu público que você detém conhecimento e bagagem a respeito de um assunto, mas sem postura, é inútil.

Tratar a internet como brincadeira ou com falta de maturidade, por exemplo, gera um ruído imenso em nossa postura. Isso não significa que você precisa anular sua personalidade para se posicionar na internet ou atrair clientes, muito pelo contrário.

Você precisa ser autêntico para ser percebido na internet, isso é fato, e o seu posicionamento precisa refletir quem você é. Mesmo assim, é fundamental que uma líder madura se comporte como tal, selecionando estrategicamente as características que farão mais sentido com sua marca e a conectarão com seus melhores clientes.

A autoridade é um elemento disponível a todos os profissionais que estão dispostos a assumir uma postura responsável com o seu conhecimento e a forma como serve sua audiência.

 

Se faça presente

Uma outra forma de fortalecer sua autoridade, é se fazer presente. Não falamos aqui para pessoas que desejam ser famosos no Instagram, falamos para empresárias que levam seu negócio a sério.

É por isso que é tão importante estabelecer um negócio Omnichanel, rainha: quando você se posiciona de maneira inteligente em diversas plataformas, seus clientes têm contato com você com mais frequência e percebem sua liderança além de uma rede social.

Sua postura como líder também está muito relacionada com o seu comportamento diante do seu público. Você não é e nem pode se comportar como “amiguinha” dos seus clientes para que eles entendam seu valor, mas precisa se portar como autoridade. 

Precisamos entender qual o nosso lugar na relação entre nós e nossos clientes. O nosso trabalho é pago e é valioso, minha deusa. A nossa postura deve refletir o fato de que possuímos algo que agrega na vida das pessoas e honrar isso para transmitir sua autoridade.

Para termos acessos à grandes autoridades e líderes, precisamos pagar. Existe um acesso gratuito, mas um novo nível e uma nova experiência exigem que façamos um investimento a mais.

Dito isso, seus clientes não precisam que você ofereça um acesso completo a você, seu tempo e sua energia – se comportando como amiga e não líder – para que percebam que você possui conhecimento e autoridade. 

Seus clientes precisam de uma líder que se posiciona como tal, que honra o seu trabalho e o seu preço, se porta com autoridade enquanto expressa sua personalidade e serve o seu bonde com excelência.

São diversos fatores que contribuem para a construção da nossa autoridade na internet, mas acima de tudo, você precisa se lembrar tudo isso é um reflexo do que já existe dentro de você e precisa apenas ser expressado da maneira correta, afinal, a internet não precisa de mais cópias.

Mulheres autênticas, que valorizam o que servem e se portam como líderes – filtrando muito bem aquilo em que depositam seu tempo e sua energia – atraem clientes que reconhecem esses estímulos liberados e estão dispostos a valorizar seu bom trabalho.

Um cheiro,
Clara do Vale.

@bemclara

Mais postagens como essa...